ForARTEIRAS: arte, cultura e ancestralidade de mulheres da UFMS

Postado por: Eduardo Silva Escrivano

Historicamente, a construção do estado de Mato Grosso do Sul se deu a partir da articulação entre diferentes povos, culturas e tradições. A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), maior instituição de ensino superior do estado, também reflete essa diversidade étnica e cultural, uma vez que seu quadro de docentes, discentes e técnicos é composto por pessoas de diferentes grupos culturais, revelando um cenário diverso e plural. Nesse contexto, situamos as mulheres que representam, atualmente, quase metade da população universitária da UFMS.

Apesar dos esforços institucionais para garantia da equidade de gênero e racial no âmbito universitário, ainda hoje, as mulheres se deparam com uma sociedade machista e patriarcal, pautada na suposta supremacia dos homens brancos e na exclusão das mesmas de espaços promovidos socialmente como masculinos, por exemplo cargos de gestão, cursos nas áreas de exatas, dentre outros. Diante de tais circunstâncias, a presente proposta busca romper com esse cenário e contribuir para a valorização e difusão das histórias e expressões artísticas de diferentes culturas e grupos étnicos que compõem a ancestralidade das mulheres, estudantes e trabalhadoras da UFMS.

Por meio de um resgate histórico, artístico e cultural propõe-se colocar em pauta a feminilidade, em suas múltiplas formas, com seus distintos recortes e suas diversas formas de expressão, tanto no estado do Mato Grosso do Sul, quanto na UFMS. Buscamos romper as fronteiras que os preconceitos de gênero e de raça impuseram através de intervenções artísticas e culturais, buscamos conceder lugar de fala para aquelas mulheres que foram, historicamente, silenciadas, reconhecendo a importância delas para a constituição do caráter cultural sul-mato-grossense, e para que elas possam conquistar seus direitos.

Portanto, espera-se que, por meio desse resgate, o projeto contribua para que todas essas trajetórias no estado, na cidade e na universidade sejam difundidas e reconhecidas, contribuindo para que as estudantes, docentes e técnicas se sintam pertencentes a esses espaços, nos quais, outrora foram vistas como intrusas e forasteiras. Serão construídas oficinas artísticas e culturais, voltadas para a expressão artística, estética e cultural por meio de técnicas de pintura, música, audiovisual, fotografia, teatro, literatura, dança, dentre outras, voltadas para mulheres docentes, discentes e técnicas da UFMS.

Os encontros serão quinzenais, com duração média de duas horas. Em cada um deles será proposto o desenvolvimento de um tipo de intervenção artística e cultural. Por meio das oficinas em dinâmica de grupo, as mulheres participantes serão convidadas a se voltar para suas histórias familiares e dos grupos étnicos e culturais dos quais faz parte, buscando identificar como as questões discutidas nas oficinas foram e ainda são experiências pelas mulheres do seu grupo familiar.
Ao final de cada encontro, as participantes poderão conversar sobre as obras produzidas, relacionando-as às suas histórias de vida, à sua tradição ancestral e familiar, às suas memórias e aos seus sentimentos, possibilitado assim o diálogo e trocas intergrupais. Ao final, as produções do grupo serão exibidas na UFMS e em outros espaços sociais, por meio do Festival ForARTEIRAS, a ser realizado no mês de dezembro de 2020, nos espaços de convivência da UFMS. Além de divulgar e propiciar a circulação das obras produzidas pelas mulheres, o festival buscará estimular o debate e a discussão sobre as experiências de mulheres nas diferentes culturas que compõem o Mato Grosso do Sul, como as indígenas, árabes, japonesas, africanas, pantaneiras, mineiras, etc.

Coordenador:

  • Alberto Mesaque Martins

Bolsistas:

  • Luana R. Lourencetti
  • Maria Y.Souza Trombim

Nome da ação Cultural: ForARTEIRAS: arte, cultura e ancestralidade de mulheres da UFMS

Data de RealizaçãoSetembro a Dezembro de 2020

Horário de Realização: 19h – Quintas-feiras – quinzenal

Local de Realização: Google Meet

Número de Vagas: 20

Modo de Realização: On-line e presencial

Público-alvo: Mulheres da UFMS e da comunidade acadêmica externa

Como se inscrever: Local de inscrição se presencial ou endereço de e-mail ou link de formulário ou site para se inscrever: https://forms.gle/a7cvqHg5yGw3PedF6