Sensei renomado ministra aula à comunidade externa e acadêmica da UFMS

Postado por: Ana Paula Banyasz

A Cidade Universitária recebeu no dia 20 de setembro uma visita técnica do sensei Kazuo Nagamine, professor em São José do Rio Preto (SP) e diretor-técnico da Associação Japonesa de Karatê (JKA Brasil). O sensei veio ao estado para ministrar um curso e deu uma aula gratuita para alunos do Projeto de Extensão UEMS/UFMS de Karatê JKA, a pedido do professor João Fábio Sanches, professor da UEMS e 5º Dan de faixa preta pela Confederação Brasileira de Karatê e 1º Dan pela Associação Japonesa de Karatê.

O servidor público Tiago Santos Gonçalvez pratica Karatê há anos e é 1º Dan pela CBK/FKMS e 1º Dan pela JKA (Japan Karate Association). Ele participou da aula e diz que a técnica trabalhada foi o Karate-Do Shotokan, ele já tinha ido a outras aulas de Kazuo Nagamine e relata que o carateca o inspira a persistir no esporte e a seguir seus passos. “Kazuo Sensei conseguiu de maneira primorosa conduzir um treinamento extremante técnico, com uma linguagem clara e de modo que os alunos presentes, independentemente da idade e da graduação, pudessem acompanhar. Oportunidades como essa, em que ele veio gentilmente ao nosso Dojo para nos brindar com seus ensinamentos, jamais podem ser desperdiçadas”.

O Karate-Do Shotokan foi criado pelo Mestre Funakoshi em meados da década de 1920. Nascido em 1868, ele reestruturou e codificou técnicas de lutas que praticou desde os 11 anos de idade. A técnica diz que atletas que seguem o Caminho do Karate-Do deve esvaziar-se de todo egoísmo e ambição, e utiliza inúmeros métodos de defesa e ataque. “Entendo o Karate-Do como algo muito maior do que uma modalidade esportiva, embora haja competições. Ao entrar num dojô e dar início à prática, o iniciante muitas vezes não se dá conta de que não vai apenas desenvolver aspectos físicos que muitas modalidades esportivas exigem, mas também desenvolverá aspectos para a formação do ser como um todo, que englobam entre outras coisas a formação do caráter, o senso de razão e justiça, de esforço e dedicação, de respeito e de autocontrole, sem deixar de mencionar a própria capacidade de se defender”, enfatiza Tiago.

A modalidade é praticada nas aulas ministradas pelo Sensei João Fábio na UFMS, por meio do Projeto de Lutas da Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Esporte (Proece). Além do Karatê, a Universidade oferece inúmeros outros esportes, que geralmente abrem inscrições no início de cada semestre.

Gabrielle Tavares Rodrigues (estagiária de Jornalismo)

Compartilhe:
Veja também